Paternidade de Deus La paternidad de Dios en la Biblia: Estudio Bíblico Profundo

A Paternidade de Deus na Bíblia: Estudo Bíblico Aprofundado

Tempo de leitura:13 Minuto, 7 Segundo

A escritura apresenta Deus como um pai amoroso do começo ao fim, razão pela qual estudar sobre a paternidade de Deus na Bíblia é um dos tópicos mais relevantes para nossa vida espiritual.

A ideia da paternidade de Deus foi acentuada por Jesus, que sempre se referiu a Deus como nosso pai.

Vamos começar por definir este conceito fundamental.


O que é a Paternidade de Deus

A paternidade de Deus é o ensino bíblico de que Deus é um Pai eterno, não apenas de Jesus Cristo, mas que, estando em Cristo, podemos nos relacionar com Deus de maneira pessoal, próxima e íntima, assim como faríamos com nossos próprios filhos. . pai terreno.

A paternidade de Deus é para nós o ponto de referência da maneira como podemos nos aproximar de Deus e da confiança que podemos ter nele vendo-o como um pai amoroso.


O que é a Paternidade Divina de acordo com a Bíblia

A paternidade divina é uma ideia semelhante à paternidade de Deus expressa em palavras semelhantes.

A paternidade divina é o exercício de Deus de nos amar incondicionalmente e cuidar de nós, como nossos pais terrenos fazem e como ele faz com Jesus.


O que a Bíblia diz sobre a Paternidade de Deus?

Segundo a Bíblia, a paternidade de Deus não é algo que começou com a existência da humanidade, ou das criaturas do universo, a paternidade de Deus existe desde sempre.

Deus tem sido desde a eternidade o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo.

Antes da vinda do messias, Deus chamava a si mesmo de pai do povo de Israel.

Após a redenção, por meio de Jesus, Deus é nosso Pai, recebemos seu amor e somos chamados de “filhos de Deus”.

A paternidade de Deus por nós nos dá a certeza de que, como seus filhos, somos herdeiros com Cristo das riquezas espirituais do universo (Romanos 8:17).

Deus concede o título de seu filho a todo aquele que pela fé recebeu Jesus como salvador (João 1:12).

Em Cristo desfrutamos de todos os direitos e privilégios que pertencem a ser filhos de Deus.

Entre eles seu amor, o conhecimento dele, podemos confiar nele, em sua provisão, proteção, da mesma forma que os pais terrenos fariam por seus filhos.

Da mesma forma, Deus nos disciplina como filhos quando desobedecemos ou ignoramos seus conselhos, para o nosso bem – Hebreus 12:10.

Há muitas histórias na Bíblia com as quais podemos responder ao tema da paternidade de Deus conosco.

A mais famosa é a história do filho pródigo relatada por Jesus, que encontramos em Lucas 15:11-32.

Gostaria de compartilhar com vocês algumas das outras coisas que a Bíblia diz sobre a paternidade de Deus.

Pela paternidade de Deus somos adotados como seus filhos por meio de Jesus

Mas a todos os que o receberam, deu o direito de se tornarem filhos de Deus, isto é, aos que crêem em seu nome, que não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem. , mas de Deus.| João 1:12-13

Deus é um pai amoroso que oferece oportunidades

Vede quão grande amor nos concedeu o Pai, para que sejamos chamados filhos de Deus; e é isso que somos.| 1 João 3:1

Deus é um pai compassivo

Tão compassivo é o Senhor para com aqueles que o temem, como um pai é para com seus filhos.| Salmo 103:13

Deus é um pai que nos protege, nos valoriza e nos provê

Olhe para as aves do céu: elas não semeiam nem ceifam nem guardam em celeiros; no entanto, o Pai celestial os alimenta. Você não vale muito mais do que eles? | Mateus 6:26

Deus nos conhece intimamente e somos filhos valiosos para Ele

Não se vendem dois pardais por uma moeda?No entanto, nenhum deles cairá no chão sem a permissão do Pai; e ele conta até os cabelos da sua cabeça para você. Portanto, não tenha medo; você vale mais do que muitos pardais. | Mateus 10:29-31

Deus em sua paternidade nos disciplina com amor para o nosso próprio bem

Meu filho, não despreze a disciplina do Senhor, nem se ofenda com suas repreensões. Porque o Senhor disciplina a quem ama, como um pai corrige seu filho amado. | Provérbios 3:11-12

Nosso Pai Deus quer nos dar o reino dos céus

Não tenha medo, meu pequeno rebanho, porque é a boa vontade do Pai dar-lhe o reino. | Lucas 12:32

Deus em sua paternidade quer nos dar todas as coisas boas que ele pode

Aquele que não poupou nem a seu próprio Filho, mas o entregou por todos nós, como não nos dará generosamente, juntamente com ele, todas as coisas? Romanos 8:32

Mesmo que sejamos órfãos ou não tenhamos tido um bom pai nesta terra, Deus é nosso Pai

Pai dos órfãos e defensor das viúvas É Deus em sua santa morada. Salmos 68:5

Deus é um pai compassivo

Seja compassivo, assim como seu Pai é compassivo. Lucas 6:36

Deus quer que o reconheçamos como nosso Pai

E não chame ninguém na terra de seu pai; porque um e É o seu Pai, que está no céu. | Mateus 23:9

A Paternidade de Deus o faz querer nos consolar

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Pai das misericórdias e Deus de toda consolação, que nos consola em todas as nossas tribulações, para que também nós possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, pela consolação com que somos consolado por Deus.| 2 Coríntios 1:3-4

Todas as coisas boas são recebidas pelo amor paternal de Deus

Toda boa dádiva e todo dom perfeito desce do alto, onde está o Pai que criou as luzes celestiais, e que não muda como as estrelas nem se move como as sombras.| Tiago 1:17

Embora nossos pais terrenos não nos conheçam, Deus é nosso pai

Porque tu és nosso Pai, embora Abraão não nos conheça, nem Israel nos reconheça. Tu, ó Senhor, és nosso Pai, desde os tempos antigos teu nome é Nosso Redentor.| Isaías 63:16

Nosso pai celestial não permitirá que sejamos arrebatados de sua mão

Eu lhes dou a vida eterna, e eles nunca perecerão, nem ninguém poderá arrebatá-los da minha mão. Meu Pai, que me deu, é maior do que todos; e da mão do Pai ninguém pode arrebatá-los. O Pai e eu somos um. | João 10:28-30

Nosso pai Deus, em sua misericórdia, nos deu uma herança e uma esperança

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que pela sua grande misericórdia e pela ressurreição de Jesus Cristo nos regenerou para uma viva esperança, a fim de recebermos uma herança incorruptível, imaculada e imperecível. Esta herança está reservada para eles no céu.| 1 Pedro 1:3-4

Nosso pai Deus é generoso com seus filhos e até com aqueles que não o aceitam como pai

para que sejais filhos de vosso Pai que está nos céus; porque faz nascer o seu sol sobre maus e bons, e chover sobre justos e injustos. | Mateus 5:45

Nosso Pai é bondoso até com os ingratos

Antes, amem seus inimigos, façam o bem e emprestem sem esperar nada em troca, e sua recompensa será grande, e vocês serão filhos do Altíssimo; porque Ele é bondoso para com os ingratos e perversos.| Lucas 6:35

Deus nos disciplina com amor paternal

Pois o Senhor a quem ama disciplina e açoita a todos que aceita como seu filho. É por sua correção que você sofre; Deus os trata como crianças; pois que filho há a quem o pai não disciplina?  | Hebreus 12:6-7


Como sei que Deus é meu Pai?

A Bíblia ensina que ao aceitar Jesus como nosso Senhor e Salvador em nossas vidas, nos tornamos filhos de Deus. João 1:12-13

Também diz que os verdadeiros filhos de Deus são aqueles que fazem a vontade do pai celestial.

  • Se você está separado de Deus, entregue ao pecado, você está se excluindo da família de Deus.
  • Se você está nos caminhos de Deus, mas não experimenta Deus como um pai, isso é outra coisa.

O tema da paternidade de Deus é primordial para as pessoas que não conseguiram ter uma ideia clara do que é um pai, talvez porque nunca tenham desenvolvido essa relação de confiança tão essencial no trato com o Pai Celestial.

Isso porque eles tiveram um pai ruim nesta terra ou um pai ausente, para serem curados, eles também aprendem a experimentar Deus como nosso Pai Celestial.

Portanto, para saber que Deus é seu Pai, é essencial que você reveja seu relacionamento com seu pai terreno.

Sabemos que Deus é nosso pai porque entendemos e experimentamos que ele nos ama incondicionalmente.

O que dá sentido a esse amor é a relação que desenvolvemos com Ele.


Como você experimenta a Paternidade de Deus em sua vida?

Experimentamos em nossa vida a paternidade de Deus o tempo todo, por exemplo, quando em nosso relacionamento com ele, às vezes ele nos disciplina para nos ajudar a seguir o melhor caminho.

Outro exemplo de como experimentamos a paternidade de Deus em nossas vidas é quando Ele nos consente, concedendo-nos os desejos de nossos corações e satisfaz nossas almas.

Não apenas isso, mas experimentamos a paternidade de Deus em nossas vidas por meio de sua constante provisão para nossas necessidades e sua ajuda em tudo o que lhe pedimos.

A bíblia diz que amamos a Deus porque Ele nos amou primeiro, experimentar o amor de Deus intimamente através da obra do santo espiritual na vida, é o passo mais importante para experimentar a paternidade de Deus.


Princípios sobre a Paternidade de Deus

  • Amor incondicional
  • É a base da nossa vida
  • Suprir todas as nossas necessidades físicas, emocionais e espirituais
  • É uma referência da verdadeira paternidade
  • Nos dá uma visão para a vida

Este estudo sobre o valor de sua família para Deus também pode te ajudar a compreender os princípios da paternidade de Deus.


Reflexão sobre a paternidade de Deus

Porém, esses dias, enquanto estudava a Bíblia, encontrei uma história que me impactou e me fez refletir sobre o tema da paternidade de Deus.

É a história do rei Davi e seu filho Absalão.

Proponho compartilhar com você um paralelo entre a atitude de Davi em relação a seu filho e a paternidade de Deus em relação a nós.

A história segue o seguinte.

Absalão queria ser rei de Israel, mas tinha um irmão mais velho chamado Amnom, que era o herdeiro.

Amnon estupra sua própria meia-irmã, irmã de Absalão, e Absalão, usando isso como justificativa, o mata.

Desta forma, Absalão permanece o primeiro na linha de sucessão ao trono.

Mais tarde, o jovem decide conquistar a simpatia do povo de Israel mentindo sobre seu pai. Mais tarde, ele organiza uma revolta com a qual usurpa o trono.

David tem que fugir porque seu próprio filho está tentando matá-lo. Enquanto isso, Absalão mantém relações sexuais com dez das esposas de seu pai.

Nessas circunstâncias, prestes a enfrentar Absalão em uma luta até a morte, Davi tenta ir pessoalmente à batalha para tentar proteger seu filho; no entanto, eles não são permitidos.

Veja as instruções que Davi dá aos seus comandantes a respeito de seu filho:

Então o rei deu esta ordem a Joabe, Abisai e Itai:

 

“Pelo meu bem, trate o jovem Absalão gentilmente.

 

E todas as tropas ouviram que o rei deu esta ordem aos seus comandantes.

 

2 Samuel 18:5

As palavras de Davi a seus comandantes a respeito de Absalão mostram que ele o via como um jovem rebelde que poderia cair em si e ser perdoado.

Davi desejava redimir seu filho. Por esta razão, ele pede a seus generais que por favor não o matem.

É evidente o amor e misericórdia paternal que Davi teve por seu filho, isso me fez pensar no amor de Deus e seu cuidado paternal para conosco.

Isso me fez pensar sobre como Deus olha para nós.

Se Davi, sendo homem, olhava com tanto amor para aquele que, sendo seu filho, havia usurpado seu trono.

Àquele que tentou tirar sua vida, que dormiu com suas concubinas e matou seu outro filho.

Se é assim que Davi olhou para seu filho, depois de todos os seus erros, qual pode ser a infinita misericórdia e amor de Deus para conosco, seus filhos.

Certamente muito mais velho.

Mesmo com todos os erros de Absalão, Davi sempre quis redimi-lo, ajudá-lo a voltar a si, ajudá-lo a voltar ao caminho certo. Traga-o de volta para o seu lado.

Que Deus é meu pai significa que sou objeto de amor infinito, de perdão infinito, que Deus me olha com desejos infinitos, para me redimir, para me ajudar a trilhar o caminho certo, que sua compaixão e paciência por mim não corram fora. .

Isso significa que não importa o que eu fiz ou o quão longe eu me afastei dele, ele me quer de volta para casa e eu sou sempre bem-vindo lá.

A rebelião de Absalão termina com sua morte.

Quero que você observe a reação de Davi ao receber a notícia da morte do filho:

E o jovem Absalão está bem? perguntou o rei.

 

O Cushita respondeu:

 

“Que os inimigos de Sua Majestade sofram como aquele jovem, e todos aqueles que tentam prejudicá-lo!”

 

Ao ouvir isso, o rei estremeceu; e ao subir ao quarto acima da porta, chorou e disse:

 

Ah, Absalão, meu filho! Meu filho, Absalão, meu filho! Queria ter morrido no seu lugar! Ah, Absalão, meu filho, meu filho!”

 

2 Samuel 18: 32 – 33

Quero convidá-lo a pensar por um momento. O que significa para Deus que tomemos a decisão de perseverar em rebelião contra ele?

Ao fazer isso, negamos a nós mesmos a oportunidade de redenção que ele nos oferece.

Se Davi chorou amargamente quando seu filho rebelde perdeu a vida, quanto mais Deus lamenta ver quando seus filhos perseveram de maneiras que os levam a perder a vida eterna.

Deus nos oferece diariamente o dom da graça e do perdão, o dom da vida eterna por meio de seu filho Jesus Cristo, se tão-somente o aceitarmos.

David teria preferido morrer em vez de seu filho, mas não podia; no entanto, Deus deu sua vida em nosso lugar.

A paternidade de Deus e seu amor infinito são certamente um assunto fascinante do qual só podemos ter exemplos, ainda que belos, imperfeitos nesta terra. No entanto, entenderemos e desfrutaremos a paternidade de Deus para sempre na eternidade.

Espero que essas palavras tenham sido uma bênção para sua vida. Leia também nosso texto sobre nossa identidade em Cristo.


Benefícios de ter Deus como nosso pai

Alguém que conheço exemplificou que os benefícios de ter Deus como nosso pai são semelhantes a ter um pai sábio, rico, amoroso, paciente e compreensivo; com todas as responsabilidades e benefícios que isso traz.

Alguns dos benefícios são:

  • Ter um pai conhece o futuro e nos ajuda a navegar na vida, fornecendo tudo o que precisamos.
  • Um pai que nos dá o apoio emocional que tanto precisamos.
  • Ter um pai que quer o melhor para nós, e se permitirmos, ele nos dá.
  • Ter alguém em quem confiar e depender diante de qualquer problema
  • ou circunstância difícil.
  • Tenha um conselheiro em quem se encontre toda a sabedoria do universo para tomar as melhores decisões.
  • Um pai que nos disciplina e nos ensina o melhor caminho e as melhores formas de agir e viver.

E o que você acha? O que significa para você que Deus é seu pai? Qual é a sua opinião ou experiência? Compartilhe isso nos comentários.


 

A Paternidade de Deus na Bíblia: Estudo Bíblico Aprofundado

Sobre o autor

Daniel & Jessi

Quando minha mente estava cheia de dúvidas, seu conforto renovou minha esperança e minha alegria. Salmos 94:19 | Conheço muito bem os planos que tenho para vós — afirma o Senhor — planos de bem-estar e não de calamidade, para vos dar futuro e esperança. Jeremias 29:11
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.