Direito e Graça na Bíblia: Um Estudo Abrangente do Assunto

Tempo de leitura:14 Minuto, 51 Segundo

Existem diferentes opiniões e posições que existem hoje em relação à lei e graça na Bíblia.

Muitos cristãos pensam que para entrar no céu, basta exclusivamente fazer uma pequena oração uma vez na vida, na qual Jesus é confessado como salvador e o perdão é pedido por pecados.

Outros vão ao extremo de se tornarem legalistas e buscarem a salvação através das obras da lei.

Há até mesmo aqueles que pensam, que uma vez que estamos sob graça, a lei foi abolida; e para alguns, isso os leva a não se preocupar em viver uma vida em obediência a Deus.

Mas o que a Bíblia realmente diz sobre lei e graça?

Hoje gostaria de responder várias perguntas sobre este assunto com um estudo bíblico.


O que são lei e graça na Bíblia

Qual é a lei na Bíblia

O significado da lei na Bíblia refere-se a um conjunto de normas ou princípios que Deus em Seu amor deu à humanidade para que possamos viver melhor.

Esses padrões e princípios são sobre como ter uma melhor relação com Ele, com os outros, com nós mesmos e com toda a criação.

Para definir o termo de forma mais ampla, recomendo que você consulte alguns dicionários bíblicos clicando aqui.

Qual é a lei da qual a Bíblia fala

Quando a Bíblia fala sobre a lei, ela pode se referir a algumas coisas específicas, por isso é importante ver o contexto do que o autor bíblico está dizendo, a fim de determinar exatamente a que ela se refere.

Primeiro, pode se referir a todos os comandos dados aos israelitas nos primeiros cinco livros da Bíblia.

Que são conhecidos como Torá, que significa lei em hebraico.

Na Torá havia várias leis que faziam parte do que a Bíblia muitas vezes chama de "lei", que eu classificaria como de menor hierarquia espiritual, incluindo leis rituais, leis civis e leis de higiene e saúde.

Essas leis foram enfatizadas desordenado pelos líderes judeus sobre a graça e os Dez Mandamentos, causando legalismo e confusão nas pessoas.

A base de cada lei na Torá é a lei moral, que é apresentada nos Dez Mandamentos, que Deus enfatizou de forma especial, e entregue ao povo de Israel em duas tábuas de pedra, escrevendo-as com seu próprio dedo.

A lei de Deus, entendemos-a como os dez mandamentos que aparecem no livro de Êxodo 20 e são os seguintes:

Direito e Graça na Bíblia: Um Estudo Abrangente do Assunto

Em Mateus 22:37-40, Jesus ratificou os Dez Mandamentos e nos ensinou que eles são resumidos em dois grandes princípios.

Ei, Israel: Jeová nosso Deus, Jeová um é.

E você amará Jeová seu Deus com todo o seu coração, e com toda a sua alma, e com toda a sua força.

| Deuteronômia 6:4-5

Também:

Você não vai odiar seu irmão em seu coração; você vai argumentar com o seu vizinho, que você não pode participar de seu pecado.

Você não vai se vingar, nem guardará rancor contra os filhos do seu povo, mas amará seu vizinho como você mesmo.

Eu Jeová.

| Levítico 19:17-18

O que é a Graça de Deus na Bíblia

A palavra traduzida no Novo Testamento como "graça" vem dos charis gregos, que significa "favor, bênção ou bondade".

No que diz respeito a Deus, a graça na Bíblia é o dom imerecido da salvação através de Jesus Cristo, que Deus nos concede por Seu amor infinito para que possamos nos reconciliar eternamente com Ele.

Pois a lei através de Moisés foi dada, mas a graça e a verdade vieram através de Jesus Cristo.

| João 1:17

Quando a humanidade caiu no pecado, ou quando você e eu pecamos quebrando a lei de Deus, colhemos a consequência do pecado, que é a morte eterna.

Pois o salário do pecado é a morte, mas o dom de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor.

| Romanos 6:23

Uma vez que todos os seres humanos, sem exceção, são pecadores, cabe a todos nós morrer eternamente.

No entanto, o coração de amor de Deus não quer que ninguém sofra isso, então ele elaborou um plano de redenção para dar a cada pessoa a oportunidade de escolher entre a morte eterna ou ser salva.

Ele fez isso através do sacrifício expiatório de Jesus na cruz do Calvário, onde Jesus sofreu a morte que foi devido a você e a mim.

Como não há como os seres humanos adquirirem ou recuperarem a salvação por nossos próprios meios, a graça em Jesus é o instrumento que Deus usa para que os seres humanos possam ser salvos.

A única maneira de qualquer um de nós entrar em um relacionamento com Deus é por causa de Sua graça para conosco.

A graça é um dom, isto é, um presente de Deus, que nos é dado quando aceitamos acreditar e seguir Jesus em nossas vidas.

O caminho da graça exige que, para sermos salvos, olhemos para o céu e aceitemos Jesus como autor e finalizador de nossa fé, e que vivamos em coerência com essa fé.

Pois Deus amou tanto o mundo que deu ao seu único Filho gerado, que todos que acreditam nele podem não estar mais perdidos e ter a vida eterna.

| João 3:16


Qual é a diferença entre lei e graça de acordo com a Bíblia

Além disso, me referirei à lei entendida como os Dez Mandamentos.

Uma vez ouvi uma bela frase que resume a diferença entre lei e graça melhor do que eu poderia:

[bctt tweet=”“La ley señala al pecado y la gracia salva del pecado; la ley es la voluntad de Dios y la gracia es el poder de hacer la voluntad de Dios”.” username=”soysegundo1″]

Uma vez que todos nós quebramos a lei de Deus, e portanto a sentença de morte eterna corresponde a nós, a graça é o dom imerecido de Deus de salvação através de Jesus.

Uma vez que todos nós infringimos a lei em algum momento, isso em vez de nos salvar, testemunha que merecemos a condenação, e é por isso que a graça vai além de nossas ações ou méritos, e nos cobre com os méritos de Jesus.

A graça é o caminho que Jesus abre diante de nós, o que nos permite chegar a Deus, e no qual caminhamos seguindo as instruções de sua lei.

A lei é o que Deus nos revelou que é melhor para nós, o que Deus nos aprova e espera de nós.

A graça é a garantia de que somos aceitos por Deus mesmo que, tentando obedecer e ser fiéis, não nos tornemos perfeitos.

Graça é a semente da qual nasce a planta de nossa salvação, o cumprimento da lei é o fruto.

Não podemos ganhar a salvação cumprindo a lei, porque a salvação é recebida gratuitamente de Deus, através da verdadeira fé no sacrifício de Jesus.


Qual é a relação entre graça, lei e obras

Para tentar ilustrar este tema, tentarei explicá-lo com uma analogia.

[bctt tweet=”La gracia es el camino de salvación que Jesús abre delante nuestro, la ley las instrucciones que tratamos de seguir para no salirnos deliberadamente del camino, y las obras los pasos que damos siguiendo a Jesús hacia la meta.” username=”soysegundo1″]

Em vez de se oporem um ao outro ou excluir uns aos outros, graça, lei e obras se complementam, e nos ajudam em nosso processo de santificação.

A Bíblia é clara ao dizer que não somos salvos por nossos próprios méritos, ou seja, mantendo a lei, pelas obras, ou pelas coisas que fazemos, mas que somos salvos por ter fé em Jesus.

| Efésias 2:8-9

Ele diz isso porque ninguém pode comprar a salvação, mas é dado de graça, e porque se tentarmos pensar tão perfeito que merecemos ser salvos, estamos sendo arrogantes.

No entanto, embora nosso foco deva ser sempre em exaltar o amor de Deus e o sacrifício de Cristo, não é certo descartar o valor da lei no plano de Deus, nem das evidências que as obras fornecem.

O apóstolo Tiago esclarece que não é certo nos desculparmos por acreditarmos em Jesus, ou que somos salvos pela graça para viver nossas vidas de qualquer maneira, então ele diz:

Meus irmãos, do que ele vai tirar vantagem se alguém disser que tem fé, e não tem obras?

A fé pode salvá-lo?

E se um irmão ou irmã está nu, e eles precisam da manutenção de cada dia, e um de vocês diz a eles:

Vá em paz, quente e saciado,

mas você não lhes dá as coisas que são necessárias para o corpo, do que ele aproveita?

Assim também a fé, se não tem obras, está morta em si mesma.

Mas alguém dirá: você tem fé e eu tenho trabalhos.

Mostre-me sua fé sem as obras, e mostrarei minha fé pelas minhas obras.

| James 2:14-18

Compreendidos de forma correta, a graça, a lei e as obras não competem entre si, mas se conectam.

Deus é o nexo de conexão, graça, lei e obras.

Nós existimos e somos salvos por causa dele, mantemos Sua lei com Sua ajuda e por amor a Ele, e o bem que fazemos porque Ele nos permite fazê-lo.


Onde a Lei Termina e a Graça Começa

Esse dilema que pode confundir muitos cristãos deve ser analisado cuidadosamente, pedindo a Deus discernimento e compreensão para saber a verdade.

Ouvi dizer que "a lei termina onde a graça começa."

Se formos julgados apenas pelo que diz respeito à lei, nenhum de nós seria salvo, porque todos nós a quebramos.

Infringindo a lei, imediatamente suportamos a sentença pelo pecado, que é a morte eterna.

Só Jesus poderia cumprir a lei perfeitamente.

É por isso que foi o sacrifício perfeito, pagando o preço do nosso perdão.

A função da lei termina em mostrar-nos nosso pecado e nossa necessidade de um salvador, e por sua vez nos guiar para não nos afastar do caminho da salvação em obediência à vontade de Deus.

Então é a graça concedida por Deus, trabalhando através de nossa fé em Jesus, que nos salva, já que a consequência do nosso pecado é tão terrível, só que o perdão imerecido pode nos salvar.


O Propósito da Lei de Deus

Embora algumas pessoas considerem que a lei de Deus, entendida como os Dez Mandamentos, foi abolida na cruz, isso é um erro.

A lei sagrada de Deus, embora nunca nos tenha salvado, ainda serve a dois propósitos importantes.

A primeira é nos mostrar o pecado e a necessidade de Deus nos perdoar e nos salvar.

A segunda é nos orientarmos em nossa peregrinação cristã para não nos entregarmos ao pecado para que acabemos nos afastando de Deus.

Um bom cristão sabe ou aprende que a integridade de sua conduta será medida por sua devoção e honestidade a Deus, portanto, seu amor o levará a agir honestamente como Deus deseja.

Ele o fará sabendo que sua gratidão à graça também significa manter os mandamentos daquele a quem devemos a nós mesmos, nosso Pai.

Se realmente amamos Deus, respeitaremos Sua vontade, ou seja, Seus mandamentos e desejos.

Se realmente amamos nosso vizinho, também os respeitaremos, evitaremos julgá-los, rejeitá-los, odiá-los, blasfemá-los e outras atitudes negativas que Deus desaprova.

Teríamos o autocontrole necessário para não ferir ou trair as expectativas de Deus e a paciência necessária para viver e coexistir em paz e harmonia, que também é o amor.

Não há desculpa para ignorar os desejos e mandamentos que Deus espera de nós.

Com um amor integral por Deus, cumprir sua vontade também será mais fácil.

Isso é compreensível porque se realmente amamos Deus, devemos respeitar sua vontade, tudo isso, com todos os Seus mandamentos e expectativas que Ele tem de nós.

É importante que entendamos que, por mais necessário que seja para cumprir a vontade e a lei de Deus, é o sacrifício de Jesus na cruz, que podemos ser salvos mesmo sabendo que não somos santos como ele era.

Seu sacrifício significa nossa salvação, aquela graça imerecida que devemos honrar e agradecer eternamente, essa esperança no meio de nossas imperfeições e erros.


O que São Paulo diz sobre lei e graça na Bíblia

Paulo, antes de conhecer Cristo, pensou simplistamente que manter a lei significava "recompensa" e que quebrá-la significava "punição", mas quando conheceu Jesus ele entendeu as coisas com mais precisão.

Seu encontro com Jesus o levou a entender que o homem não se justifica pelas obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo.

O apóstolo Paulo contrasta a sentença do pecado por transgredir a lei com o perdão que os crentes recebem em Jesus pela graça de Deus.

Ele enfatiza a impossibilidade de tentar merecer o perdão de nossos pecados, em contraste com o perdão pela pura misericórdia por causa do sacrifício de Cristo.

Embora às vezes possa ser acreditado que o apóstolo Paulo está menosprezando a lei quando a contrasta com as boas notícias do Evangelho, o apóstolo deixa claro que este não é o caso.

Isso nos diz que nem saberíamos o que é certo e o que é errado, se a lei não nos mostrasse o que é bom e o que é ruim.

O apóstolo está interessado em enfatizar que o amor de Deus cumpre a lei.

A lei nos diz o tipo de vida que nosso amor por Deus e nosso vizinho exigiria.

"O pecado não o dominará sobre você, pois você não está sob a Lei, mas sob a graça."

| Romanos 6:14


Versos sobre Direito e Graça na Bíblia

Jesus não veio para revogar a lei

Não pense que eu vim para revogar a lei ou os profetas; Não vim para revogar, mas para cumprir.

| Mateus 5:17

Os mandamentos de Deus não são pesados

Pois este é o amor de Deus, que mantemos seus mandamentos; e seus mandamentos não são pesados.

| 1 João 5:3

Nem tudo se constrói

Tudo é legal para mim, mas nem tudo é conveniente: tudo é legal para mim, mas nem tudo se constrói.

| 1 Corinthians 10:23

Manter os mandamentos e ter a fé de Jesus é evidência de salvação

Aqui está a paciência dos santos, aqueles que mantêm os mandamentos de Deus e a fé de Jesus.

| Apocalipse 14:12

Nem todos que dizem ser cristãos entrarão no céu

Nem todos que me dizem, Senhor, entrarão no reino dos céus, mas aquele que fizer a vontade do meu Pai que está no céu.

| Mateus 7:21

Se não mantivermos os mandamentos, não andamos na verdade.

Aquele que diz: Eu o conheço, e não mantém seus mandamentos, ele é um mentiroso, e a verdade não está nele.

| 1 João 2:4

Manter os mandamentos é um fruto do amor a Deus

Se você me ama, fique com meus mandamentos.

| João 14:15

Somos salvos pela graça por causa do amor de Deus em Cristo

Mas Deus, que é rico em misericórdia, por seu grande amor por nós, nos deu vida com Cristo, mesmo quando estávamos mortos em pecados.

Por graça, você foi salvo!

| Efésias 2:4-5

A graça de Deus nos salva e nos impede de pecar.

Na verdade, Deus manifestou-se a toda a humanidade Sua graça, que traz salvação e nos ensina a rejeitar ímpia e paixões mundanas. Desta forma, podemos viver neste mundo com justiça, piedade e autocontrole.

| Tito 2:11-12

Deus nos chama para uma vida santa pela graça, não por nossos méritos.

Pois Deus nos salvou e nos chamou para uma vida santa, não por nossas próprias obras, mas por sua própria determinação e graça.

Ele nos concedeu este favor em Cristo Jesus antes do início dos tempos.

| 2 Timóteo 1:9

Aceitar a graça de Deus nos liberta do domínio total do pecado

Assim, o pecado não terá domínio sobre você, pois você não está mais sob a lei, mas sob graça.

| Romanos 6:14

Somos salvos pela graça através da fé, não por nossas próprias obras

Pois por graça você foi salvo através da fé; isso não vem de você, mas é dom de Deus, não por obras, para que ninguém se adeie.

| Efésias 2:8-9

Estar sob graça não nos dá poder para desobedecer a Deus

E daí? Vamos pecar porque não estamos mais sob a lei, mas sob graça?

De maneira nenhuma!

| Romanos 6:15

A graça de Deus é oferecida a toda a humanidade

Mas a transgressão de Adão não pode ser comparada com a graça de Deus.

Pois se pela transgressão de um homem todos morreram, quanto mais o dom que veio pela graça de um homem, Jesus Cristo, abundou para todos!

| Romanos 5:15

Graça de Deus traz justificativa e vida eterna

Que assim como o pecado reinou na morte, que a graça que nos traz justificativa e a vida eterna reinem através de Jesus Cristo nosso Senhor.

| Romanos 5:21

Estando sob a graça não podemos continuar vivendo em pecado

O que vamos concluir? Vamos persistir no pecado para que a graça seja abundante?

De maneira nenhuma!

Como podemos, que morreram para o pecado, continuar vivendo nele?

| Romanos 6:1-2


E o que você acha da lei e da graça na Bíblia? Compartilhe os comentários.


Você está lutando com problemas ou circunstâncias difíceis em sua vida, e você sente que precisa de ajuda?

Estamos aqui por você. Oferecemos a você a possibilidade de falar com alguém que vai ajudá-lo através de todas essas coisas difíceis, sempre de mãos dadas com Deus.

Desconto no aconselhamento cristão

Use o cupom DIOSPRIMERO2022 quando for fazer o pagamento e obtenha 50% de desconto.

Bênçãos e um abraço.

Direito e Graça na Bíblia: Um Estudo Abrangente do Assunto

Sobre o autor

Daniel & Jessi

Quando minha mente estava cheia de dúvidas, seu conforto renovou minha esperança e minha alegria. Salmos 94:19 | Conheço muito bem os planos que tenho para vós — afirma o Senhor — planos de bem-estar e não de calamidade, para vos dar futuro e esperança. Jeremias 29:11
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.